Religiões dos Mistérios

Embora tenham existido várias Religiões ou Cultos dos Mistérios, todas elas têm origem nos cultos religiosos do neolítico, nomeadamente nos cultos da mãe-terra e cultos da fertilidade. Os cultos mistéricos podem ser classificados em duas categorias: os Mistérios Gregos e os Mistérios Orientais.

 

Mistérios Gregos

 

Culto de Elêusis

 

São os mistérios mais antigos, a partir do século IV a.C.. Locais de culto associados a Deméter, Perséfone e Iácos. Centrados em duas deusas: a mãe das sementes, Deméter, e a sua filha Perséfone1. Perséfone é raptada por Hades e levada para o mundo inferior, onde se tornou rainha. Durante os meses de Verão, Perséfone podia voltar à Terra, para se encontrar com Elêusis; Perséfone trazia a fertilidade e transmitia esperança num destino positivo no Além.

 

Culto de Dionísio

 

Dionísio, deus da Natureza e do vinho, filho de Zeus e de Semele. As raízes mais antigas (Creta) passando pela Trácia, até à Grécia. Culto orgiástico. Chegou a Itália no século II a.C., estendendo-se até ao Mar Negro e ao Egipto como um culto mistérico.

 

Culto de Orfeu

 

Orfeu, uma fusão de ideias gregas, trácias e indo-iranianas centradas em Dionísio que fora morto e comido por titãs. O seu coração salvou-se. O ser humano possui uma alma dionisíaca e um corpo titânico2; ele quer salvar-se e tem esperança no Além.

 

Culto de Samotrácia

 

Mistério de Samotrácia, importantes para a Grécia oriental e setentrional, formaram-se a partir de cultos ctónicos muito antigos, de épocas anteriores à existência da Grécia, e centravam-se numa grande deusa e nos seus acompanhantes. Assumiram repetidamente versões novas.

 

 

Notas

1. também chamada simplesmente Core = “menina”

2. o corpo é túmulo da alma

 

Site: http://sofos.wikidot.com/religioes-dos-misterios

 

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License

 

http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/