Relatório confirma pesticidas em refeição que matou 23 crianças na Índia

 

 

 

Comida foi preparada com óleo armazenado em recipiente que antes continha um insecticida.

Os resultados preliminares de um relatório confirmam que a refeição gratuita servida numa escola na Índia e que matou pelo menos 23 crianças estava contaminada com níveis muito elevados de pesticidas. A investigação concluiu que o óleo com que a refeição foi preparada tinha sido armazenado num recipiente que anteriormente continha pesticidas.

A cozinheira da escola – localizada no estado de Bihar, no Nordeste do país – terá alertado a directora, enquanto preparava a comida na passada terça-feira, para a aparência estranha do óleo, em termos de tonalidade e cheiro. Mas a responsável pelo estabelecimento de ensino ignorou o alerta, justificando que o óleo tinha vindo da loja do seu marido e que não havia qualquer dúvida sobre a sua qualidade.

Em declarações à polícia, a funcionária insistiu que fora forçada a cozinhar pela directora da escola, Meena Kumari, que poderá agora ser julgada por homicídio por negligência. Abhijit Sinha, um magistrado do distrito de Saran, disse à BBC que se a directora não se entregar na polícia, o mais provável é que os seus bens e propriedade sejam apreendidos.

 

Continue lendo no site abaixo:

http://www.publico.pt/mundo/noticia/oleo-armazenado-em-recipiente-de-pesticidas-na-origem-da-morte-de-23-criancas-na-india-1600863